sábado, 12 de setembro de 2009

BENEFÍCIOS DO IOGURTE NATURAL


Diz a lenda que Abraão, depois de ter sido ensinado por um anjo, foi o primeiro a preparar uma receita de iogurte para oferecer a sua mulher e curá-la de um mal. Segundo relatos da História da Alimentação, a coalhada era vendida desde o século XII nas ruas de Constantinopla. A palavra iogurte, porém, teria nascido nos Bálcãs.


A difusão e a popularidade deste laticínio ocorreu com a chegada dos turcos, cujos hábitos alimentares são característicos de um povo nômade. Apesar de poder ser tomado ao natural, o leite é um alimento perecível e o iogurte, a ricota e os queijos foram formas que esse povo encontrou de prolongar a durabilidade dos alimentos e ter garantido o seu consumo.


Sabe-se da arte e conhecimento milenar desse povo em manter alimentos perecíveis, conservados em sal, especiarias, óleos e azeites e, ao mesmo tempo, ter o hábito de receber, festejar e celebrar a alegria com fartura e variedade de iguarias.


Como é fabricado?

O iogurte é produzido a partir da ação de uma cultura mista e em igual proporção dos microorganismos Streptococcus thermophilus e Lactobacillus bulgaricus. Essas bactérias consomem a lactose, o açúcar do leite, para obterem energia e em contrapartida eliminam o ácido lático que coalha o leite. O leite coalhado preserva a gordura, os minerais e o conteúdo de vitaminas do leite puro, mas apresenta bem menos lactose, sendo então um alimento de mais fácil digestão que o leite. Para garantir sua qualidade microbiológica, o iogurte deve estar isento de microorganismos causadores da decomposição do produto e ser conservado sob refrigeração, à temperatura máxima de 10ºC, não sendo permitida a adição de substâncias conservantes. Os microorganismos (bifidobactérias) presentes no iogurte ajudam a equilibrar a microbiota intestinal e auxiliam na prevenção do crescimento de microorganismos patogênicos e agentes causadores de doenças, daí ser reconhecido como um alimento probiótico e imunomodulador.


Um aliado da Saúde, Beleza e Bem estar

Os iogurtes são importantes fontes de proteínas, cálcio, zinco, vitamina A e vitaminas do Complexo B . As proteínas são necessárias na construção, reparação e renovação dos tecidos do corpo, incluindo pele, unhas e cabelos. Participam da produção de anticorpos, hormônios e enzimas. O cálcio é um mineral fundamental na formação e manutenção dos ossos, dentes e unhas, além de participar das contrações musculares. O zinco aumenta a ação de enzimas que combatem os radicais livres, fortalece o sistema imunológico, retarda o envelhecimento e favorece o crescimento e fortalecimento dos cabelos.


A vitamina A tem papel fundamental na saúde da visão e da pele. É uma vitamina que restaura e constrói novos tecidos, auxilia no tratamento de abcessos, furúnculos, acne e queda de cabelos. As vitaminas do complexo B participam do metabolismo de proteínas, lipídeos e carboidratos, têm papel importante na produção de energia, oxigenação das células, produção de neurotransmissores e funções neurológicas normais.


Saúde com Sabor: receita de molho de iogurte Ingredientes> 1 xícara (chá) de iogurte desnatado 1 xícara (chá) de vinagre de maçã ou aceto balsâmico ½ colher (sopa) de salsinha picada ½ colher (sopa) de cebolinha picada Modo de Preparo Misture bem todos os ingredientes e leve à geladeira até a hora de servir. Acompanha bem pepino e legumes em geral Observação: Esta receita não é indicada para quem tem anemia, uma vez que os minerais Cálcio e Ferro competem entre si. Créditos: Texto © 2004 Por Drª Marília Fernandes


Drª Marília Fernandes elabora Planos Alimentares Nutricionista - CRN3/1693 Especialista em Nutrição Esportiva pelo CEMAFE/UNIFESP Especialista em Nutrição em Saúde Pública pela UNIFESP 19 anos de experiência em Nutrição e Alimentação Consultora Nutricional Pessoal e de Empresas nas áreas de Educação Alimentar, Qualidade de Vida e Bem Estar, Nutracêutica, Estética, Longevidade Saudável, Esportes, Marketing Alimentício e Saúde Ocupacional


De acordo com um novo estudo, publicado no International Journal of Obesity, incluir iogurte na dieta emagrece ao acelerar os mecanismos de queima de gordura e ainda diminui a barriga. Os pesquisadores da University of Tennessee descobriram que adultos obesos, que comeram três porções diárias de iogurte sem gordura como parte de uma dieta de baixas calorias, perderam 22% mais peso e 61% mais gordura corporal do que aqueles com dieta de baixas calorias sem iogurte. Melhor ainda, aqueles que comeram iogurte perderam 81% mais gordura corporal na área do estômago, o que contribuiu para perder barriga. O estudo acompanhou por 12 semanas 34 adultos obesos sem problemas de saúde divididos em dois grupos. Ambos os grupos ingeriram dieta com 500 calorias a menos que o normal para estimular a perda de peso. Um grupo teve incluído diariamente 170 gramas de iogurte sem gordura provendo 1.100 miligramas de cálcio, enquanto o outro grupo comeu apenas uma porção de laticínio com 400-500 miligramas de cálcio.


Além de emagrecer mais, a dieta com iogurte foi quase duas vezes mais eficiente na manutenção da massa muscular magra. Ou seja, a dieta com iogurte emagrece perdendo gordura e não músculos, os quais ajudam a queimar calorias. Fonte: International Journal of Obesity 18/03/2004. O iogurte é um líquido espesso, branco e levemente ácido, obtido pela fermentação do leite. Pode ser servido com frutas, chocolate ou mesmo vendido em várias opções de sabores. A bebida foi propagada por todo o mundo após alguns estudos evidenciar que seu consumo trazia benefícios à saúde. O biólogo russo Llia Metchnikoff (1910) estudou as tribos das montanhas da Bulgária que apresentavam longa vida por consumirem o iogurte habitualmente.


Devido à presença de fermentos lácteos, o iogurte possui benéficas propriedades nutricionais, além de aumentar a longevidade é de fácil digestão, o que faz dele um produto muito bom para pessoas com problemas gastrointestinais. Auxilia no bom funcionamento do intestino, contém cálcio que ajuda no fortalecimento dos dentes. Pode ser indicado em casos de osteoporose e para mulheres que precisam repor o cálcio no período da menopausa.


O iogurte pode ser encontrado em diferentes versões e são divididos em categorias, como naturais, desnatados, fazendo parte tanto da alimentação de pessoas que optam por uma alimentação equilibrada bem como daquelas que estão de dieta. O iogurte natural contém proteínas, carboidratos, vitaminas e sais minerais. O desnatado contém as mesmas propriedades nutritivas, porém com uma redução de gordura que lhe confere baixo valor calórico, sendo indicado para quem quer emagrecer e controlar o índice de colesterol.


É uma bebida que compõe o café da manhã, pode ser usada em receitas doces e salgadas. O iogurte natural é consumido natural ou usado em receitas como saladas, pães, molhos, doces, sorvetes. Por Patrícia Lopes Equipe Brasil Escola


Fonte: http://www.slideshare.net/severo/beneficios-do-yogurte-natural-1972789

4 comentários:

  1. parabens seu blog esta showwww esclareceu minhas duvidas

    ResponderExcluir
  2. Excelente matéria! Encontrei muita coisa a respeito dos benefícios do iogurte natural no site:
    www.iogurtenatural.com

    ResponderExcluir
  3. Parabens pelo belo conteúdo.

    ResponderExcluir

Saúde BEM-ESTAR a um Clique

Google + 1

Talvez se interesse:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Florais e Cia...